Fique por dentro!

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Viajar de trem pela Europa

As melhores dicas para aproveitar ao máximo gastando pouco

Então, você está no meio do intercâmbio e resolve que é hora de mochilar pela Europa. Afinal, o que poderia ser melhor do que estudar, explorar e se divertir ao mesmo tempo? Viagens, sejam elas pequenas ou grandes, são formas de imergir na cultura e olhar o país sob o ponto de vista local.

Viajar de trem é uma opção para quem tem tempo e está disposto a fazer o trajeto mais longo, mas também mais imersivo. Além disso, sempre é uma forma de puxar conversa e treinar o idioma. 

Anote nossas dicas e aproveite a viagem:

1) Planejamento

Para comprar passagens de trem baratas na Europa, você precisará de um pouquinho de organização. Não porque não seja possível encontrar passagens disponíveis todos os dias, mas porque a diferença de preço entre uma passagem comprada duas semanas antes da viagem e outra, com 90 dias de antecedência, é gritante. A segunda opção sempre ganha. Então, programe a viagem. Um pouco de planejamento vai te ajudar a aproveitar muito mais. (Ah, não esqueça de perguntar sobre as possibilidades de reembolso, caso algo dê errado e você resolva não ir).


2) Newsletter

Inscreva-se nas newsletter das principais companhias, entre elas a Deutsche Bahn (Alemanha), a Trenitalia (Itália), Renfe (Espanha), CP (Portugal), CD (República Tcheca), ÖBB (Áustria) e a Voyages-SNCF (França). Essa é uma forma de ficar por dentro das principais promoções que costumam acontecer com o prazo que citamos acima, ou até com 120 dias de antecedência.


3) Horários noturnos

Viajar de noite pode não ser a melhor opção para quem quer apreciar as belas paisagens europeias, mas é uma excelente opção para quem quer economizar. Os horários noturnos são excelentes para aqueles que não conseguiram se planejar, porque eles costumam sair mais barato mesmo sem antecedência.


4) Passe multipaís ou bilhete separado

É possível comprar um único passe de trem e viajar por 28 países diferentes, incluindo países como Turquia, Sérvia e Grécia. Contudo, essa pode não ser a opção mais barata. Existem as vantagens como, por exemplo, se houver de 2 a 5 adultos viajando juntos, descontos de 15%. Com o bilhete múltiplo, você também não precisa se preocupar com horários, mas podem haver taxas extras como reserva de assento. Se a ideia for viajar barato, a comodidade do passe multipaís pode não ser interessante. Tudo vai depender do seu roteiro estar definido ou aberto.

5) Bagagem

Não existe check-in para bagagens quando a viagem é de trem. Assim, basta chegar com 30 minutos a 1 hora de antecedência que será suficiente. O volume de bagagens não costuma ter limites, mas saiba que você terá que carregar e guardar sozinho as malas nos compartimentos. Geralmente não se encontra muito espaço disponível para colocar as malas nos vagões, portanto não exagere, leve apenas o necessário para ficar confortável. Recomendamos uma mala media e uma bagagem de mão.  


6) Leste Europeu

Os países do leste europeu podem ser uma grata surpresa para o viajante que quer economizar. Além disso, alguns destinos como Budapeste, Kiev e Liubliana são cidades de tirar o fôlego, que prometem experiências únicas, bastante diferente dos destinos tradicionais. Dê uma chance para o novo e explore o Leste Europeu.



Gostou do nosso conteúdo e quer saber mais sobre intercâmbios e viagens? Entre em contato conosco. Você pergunta, nós respondemos.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário