Fique por dentro!

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Itália: dicas de turismo, gastronomia e cultura em Roma, Milão e Florença

A Itália é referência em arte, cultura e história ocidental. Também é famosa pela sua culinária, pela sonoridade da língua italiana e pelos destinos turísticos que encantam milhões de estrangeiros todos os anos.

Dizem que “todos os caminhos levam a Roma” e se chegou a sua vez de desbravar esse país, nós vamos ajudar com dicas exclusivas de passeios nos principais destinos. Prepare o roteiro e aproveite o melhor que Roma, Milão e Florença têm para oferecer.

La Capitale: Roma

Capital da Itália e também do antigo Império Romano, a cidade de quase 3 milhões de habitantes é um verdadeiro museu a céu aberto. Por isso, a melhor forma de desbravá-la é a pé.

Quem chega pela primeira vez não pode deixar de conhecer os pontos turísticos mais famosos, como o Coliseu, a Fontana di Trevi e o Vaticano, que é o menor país independente do mundo e centro da Igreja Católica Romana.

Outros nomes para lembrar são Pantheon, Piazza del Campidoglio, Santa Maria d’Aracoeli, Piazza Navona, Piazza di Spagna e um passeio sem pressa pela região de Trastevere e Isola Tiberina.


A vida noturna romana também é agitada e boêmia. Além da boa gastronomia e dos milhares de restaurantes espalhados na cidade, as praças são os lugares preferidos dos romanos para socializar. E quem gosta de animação, há baladas todos os dias da semana, principalmente no centro, Trastevere e Campo de' Fiori.

A cosmopolita Milão

Milão é a ilustre capital da moda. Mas não é somente de tendências fashion que a cidade é feita: é também uma das mais cosmopolitas da Itália. Afinal, além de centro financeiro e comercial do país, ainda é referência em arquitetura, design, história e arte.

Com um ritmo acelerado, semelhante ao de Nova York, a capital da Lombardia oferece dezenas de passeios aos turistas. Não dá pra deixar de conhecer a igreja gótica Duomo e seguir para a Galeria Vittorio Emanuelle, que além da bela estrutura arquitetônica reúne ótimos cafés e lojas de grife.


Quem gosta de ópera pode assistir apresentações no Teatro Scala ou ao menos fazer um passeio guiado pelo prédio. Além disso, ninguém pode deixar a cidade sem apreciar a “Santa Ceia”, de Leonardo da Vinci, e caminhar pelo Quadrilátero da Moda, que abriga as maiores marcas e vitrines de luxo do mundo.
Depois de um dia de passeios e visitações, é possível esticar a programação as dezenas de bares e baladas em Isolda e Navigli. Principalmente no verão, as ruas ficam cheias de jovens de toda a Europa e repletas de muita animação.

Florença: patrimônio renascentista

Uma joia de inestimável valor histórico e cultural, o município de Florença é a capital da idílica região da Toscana. É a cidade natal de Dante Alighieri, da Divina Comédia, e da famosa família Médici. Entre suas construções originais e ruelas antigas também estão obras de artistas como Leonardo da Vinci, Sandro Botticelli e Michelangelo.

Firenze, como é chamada pelos italianos, tem uma lista de pontos turísticos imperdíveis, como a Ponte Velha, o Palácio Velho (Palazzo Vecchio), o Mercado Novo, a Duomo o Battistero di San Giovanni, a catedral Santa Maria del Fiore, a Basília Santa Maria Novella, a Piazza della Signoria e a Galleria degli Uffizi.


 A melhor forma de sentir o espírito dessa cidade é caminhando e se perdendo pelas pequenas vias e atalhos. Em poucos passos, você irá se deparar com maravilhosas surpresas.

Além disso, a vida noturna se divide entre as atrações de gastronomia e bares ao ar livre e algumas baladas espalhadas pelo centro histórico e pelos bairros fora da cidade antiga. Há ainda muitos teatros e óperas ao ar livre e passeios noturnos de barco. Ou seja: só vai dormir cedo quem quer.


Desejando fazer intercâmbio na Itália? Veja essa opção de curso de italiano em Roma: http://www.bex.tur.br/programas/estudar/programa/curso-de-italiano-em-roma-ih-dilit

Nenhum comentário:

Postar um comentário