Fique por dentro!

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Destino da semana: Chile

O destino da semana te levará para um lugar bastante visitado e procurado na América do Sul: o Chile. O país proporciona diferentes experiências, pois o território engloba climas variados, o que resulta em pontos turísticos que vão de temperaturas negativas, na Patagônia, ao calor insuportável no Deserto do Atacama. No Chile você pode encontrar bons vinhos, ótimos lugares de compras, muita história e cultura!

A culinária possui comidas típicas, e nós indicamos o Pastel de Choclo, que é tipo um escondidinho, o ceviche, as empanadas e, claro, o assado chileno!

1 SANTIAGO DO CHILE

Vamos começar pela capital, que é uma passagem obrigatória para quem quer visitar o país. Se você tem pouco tempo na cidade, indicamos que você visite pelo menos o centro, que dá para montar um roteiro a pé, incluindo visitas a museus como o La Chascona, uma das casas de Pablo Neruda, ao mercado central, uma passada no Cerro San Crisóbal, que tem uma vista linda da cidade. Além disso, você pode incluir no seu passeio a Catedral Metropolitana e o Museu Histórico.

Para as baladas da cidade, indicamos a Balada Las Urracas e o El Subterraneo, que tocam reggeaton e hip-hop. Os drinks em baladas são caros, por isso indica-se fazer uma rodada de drinks em bares da cidade antes de seguir com a festa.

Saindo da cidade e indo para a neve, Santiago pode te proporcionar isso também. Entre julho e final de setembro, pode subir sem dúvidas que você verá a neve e as estações de esqui estarão na ativa.


2 VALPARAÍSO E VIÑA DEL MAR

Pode-se fazer um bate e volta da cidade de Santiago. Entre Valparaíso e Viña del Mar há apenas 9km e você pode pegar um metrô.
Em Valparaíso não deixe de pegar o Ascensor Cerro Concepcion para chegar ao topo para uma vista panorâmica lindíssima. É neste roteiro que você encontrará o Café Turri, nós não indicamos esse café, pois tem preços altíssimos porque o lugar é bastante turístico. Valparaíso proporciona muitas construções históricas e mirantes para admirarmos as belezas naturais e montanhas.


Já em Viña del Mar o ambiente muda. É um lugar cheio de praias e calçadas para passeios a pé. E se você gostar de flores, esse lugar conquistará seu coração.
Um dos símbolos da cidade é o Relógio de Flores e os jardins em volta que alegram os olhares de quem visita. Aproveite a beira mar da cidade para uma caminhada ou para andar de bicicleta.
  

3 PATAGÔNIA

Um dos lugares mais incríveis, a Patagônia fica parte no Chile e parte na Argentina. Vale muito a pena o passeio e lá você pode visitar locais como o Lago General Carrera, Punta Arenas, Terra do Fogo, Carreta Austral entre outros. Mas, se você tiver que escolher um lugar só, vá para as Torres del Paine.A Patagônica oferece atrações de turismo ecológico com paisagens incríveis e com roteiros bastante diversificados. Para explorar com detalhes a região é recomendado ficar 15 dias, mas é possível ver paisagens incríveis se você não disponibilizar de todo esse tempo.


4 DESERTO DO ATACAMA


Calor, calor, areia e areia. É bem como visto nos filmes, um deserto de verdade! Os aventureiros que visitam o Deserto do Atacama relatam o lugar como um dos mais surreais já visitados, lembre-se do protetor solar e das roupas de manga comprida para se proteger do Sol.

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

10 coisas de só quem viaja aprende

Quem gosta de viajar está sempre atento às oportunidades de passagem ou emendando alguns feriados durante o ano. Viajar não significa ir longe: pode ser aquela pequena viagem de final de semana, de carro, de ônibus. Nem precisa sair do país para ser considerada uma viagem. Quem gosta de viajar normalmente topa qualquer cidade ou país que ainda não conheceu – basta ter uma oportunidade de ir.
E quem viaja sabe: tem coisas que a gente só aprende mesmo viajando, que não há em livros e nem nas aulas da faculdade. Tem coisas sobre a viagem que só a experiência de um viajante ensina. Vamos listar aqui 10 coisas que só quem viaja aprende.

1 NÃO EXISTE HORA CERTA PARA VIAJAR

Quem espera a hora certa para viajar, não viaja nunca. Pois sempre haverá outras prioridades chegando a todo o momento. Coloque a viagem como uma de suas prioridades e viaje sempre que houver oportunidade.

2 MENOS É MAIS

Esse aprendizado não se conquista na primeira viagem, mas sim depois de muitas. Viajar com menos bagagem faz muita diferença. Além de você perceber que precisa de poucas coisas para viver, muitas vezes as viagens proporcionam alguns perrengues e se você tiver menos malas, tudo fica mais fácil.


3 COMPRE MENOS COISAS E MAIS EXPERIÊNCIAS

Quando você vai para a África do Sul e você pula no maior bungee jump do mundo e compra uma camiseta no Safari, o que você preferiria contar para os seus amigos?
Que pulou no maior bungee jump do mundo, correto? E isso vale para muitas experiências. Dê sempre prioridade para o que você pode viver e experimentar em vez de coisas que você pode comprar.


4 VOCÊ NÃO PRECISA SER RICO PARA VIAJAR

Você precisa de dinheiro para viajar, porém não precisa ser rico. Até porque durante a viagem você também precisa fazer escolhas. Não precisa comer no restaurante caro todos os dias da viagem, não precisa ficar no hotel 5 estrelas e não precisa alugar um carro em todas as viagens. O bom de viajar é viver o local, andar de transporte público, comer comidas típicas que normalmente são mais baratas.

5 APRENDER A FICAR PERDIDO

Se perder durante a viagem é um presente. Pois você sai do planejado e encontra pessoas, ruas, locais e paisagens que jamais teria imaginado. Os lugares mais incríveis da cidade muitas vezes estão fora da rota dos turistas.


6 APROVEITE A VIAGEM DEVAGAR

Se você é daqueles que visita 20 lugares diferente no mesmo dia durante a viagem, sinto lhe informar que você não viaja. Ir até o local, tirar a foto e passar para o próximo está longe de viajar. Esse ato só demonstra que você está preocupado em mostrar para os outros que você visitou o tal lugar. Visite os lugares com os olhos, sinta o cheiro, observe as pessoas e os detalhes que aquele lugar lhe proporciona.

7 TODOS OS LUGARES TEM ESPAÇO PARA TODOS

Você não precisa ser romântico para visitar Paris e nem gostar de carnaval para visitar o Brasil. Todos os países oferecem boas experiências para todos os tipos de pessoas. Perca o preconceito dos lugares e não generalize os lugares.


8 SAIR DO AUTOMÁTICO GERA AUTOCONHECIMENTO

Trabalho-casa, casa-trabalho. O piloto automático entre em ação rapidinha na nossa rotina. E isso faz com que não pensamos nos atos que tomamos. É como se virássemos robôs. E viajar nos retira desse modo automático. Faz com que todos os dias sejam diferentes, que precisemos nos desafiar de forma diferente a cada viagem. E isso faz com que nos conhecemos melhor.

9 A CORAGEM SUPERA O MEDO

Todos temos medos. Porém quando viajamos ficamos mais corajosos e conseguimos mais facilmente a enfrentar todos os medos. Seja de altura, de falar errado uma palavra, de viajar sozinho.


10 UMA VIAGEM NUNCA É IGUAL A OUTRA


Se você tem a oportunidade de visitar o mesmo país duas vezes, vá! Você poderá ir para diferentes cidades, visitar diferentes locais. Uma viagem nunca é igual à outra, seja pela companhia, pela temperatura, ou pela nossa época de vida.

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Destino da semana: Alemanha

Nosso destino essa semana será a Alemanha. Por lá tudo que você encontrará é organização, limpeza, pontualidade (das pessoas, dos transportes públicos, dos eventos), muita história, cultura, museus e uma arquitetura belíssima!

Vamos embarcar nessa? Vamos apresentar algumas cidades e suas atrações!

Munique (München)

Sinônimo de Oktoberfest, Munique é uma das cidades mais visitadas do país. Ela oferece bons museus (Museu da BMW, Antiga Pinacoteca, Glyptothek) e ótimas cervejarias. Indicamos que você vá à cervejaria Weihenstephan e tome uma cerveja por lá. O local é incrível, localizado em um mosteiro antigo, no topo de uma colina e foi fundada em 1040.


Colônia (Köln)

A cidade é bastante grande e indica-se que você planeje pelo menos dois dias para visitação. A principal atração é a Catedral de Colônia que é uma mega construção no estilo gótico e demorou séculos para finalizarem a construção. Acredite se quiser, essa catedral resistiu à Segunda Guerra Mundial e suas bombas, de tão robusta que a construção é. Vale a pena conhecer! Outra coisa, não deixe de caminhar às margens do Rio Reno!


Frankfurt

Um dos pontos turísticos mais procurados é o Römerberg. Destaca-se pelas construções belíssimas e fica situado no centro antigo da cidade. Essa parte de Frankfurt foi bastante destruída durante a guerra, porém reerguida alguns anos depois.
É em Frankfurt também que você pode visitar a casa onde morou Johann Wolfgang von Goethe, uma construção muito luxuosa com memórias do escritor.
Uma dica de alimentação na cidade é o Klosterhof. Um restaurante super tradicional que fui fundado em 1936. Lá você pode experimentar as famosas salsichas com chucrute e de sobremesa pedir as panquecas alemãs doces.



Hamburgo (Hamburg)

Quando visitar Hamburgo não deixe de fazer um passeio de barco, pois essa cidade tem vida às margens do rio e tudo é ligado às águas.
O City Hall fica no centro da cidade e vale a caminhada a pé para observar os detalhes deste prédio incrível. Se você preferir entrar, é possível. Há visitação guiada e, acredite, se você acha que por fora o prédio é bonito, por dentro ele pode lhe surpreender!
E se você está em Hamburgo e é fã dos Beatles, não pense duas vezes antes de fazer o Beatles Tour. O passeio te leva para lugares que a banda tocou antes de fazerem sucesso, mostrando muitos detalhes da trajetória dos Beatles.


Berlim (Berlin)

Se é agito e balada que você procura na Alemanha, Berlim é uma cidade que você não pode deixar de visitar. Indicamos a Balada Tresor Club em Berlim, conhecida como a primeira casa tecno na cidade, Balada Weekend em Berlim, localizada no topo de um prédio, além de muita música boa, essa festa proporciona uma vista incrível.


Além disso, você pode visitar as inúmeras galerias de arte contemporânea e os eventos culturais que a cidade proporciona!


Confira nosso pacote especial para Berlim: http://bit.ly/bex-berlim


O que você não pode deixar de comer !

Chucrute

Podemos encontrar no Brasil também, mas já que está na Alemanha, vale experimentar uma receita original. É ua prato de repolho fermentado bastante famoso na culinária alemã.



Joelho de Porco

Eisbein é como é chamado por lá. É servido frito ou assado e normalmente é servido com chucrute.



Wurst

A salsicha que para os brasileiros não tem nada a ver com salsicha. Ela é bastante saborosa e é feita com carnes nobres. Não é difícil de encontrar na Alemanha, é vendido como cachorro quente em barriquinhas espalhadas pela cidade.



Strudel de Maçã

E para a sobremesa, não pode faltar a torta de maçã original, com canela e passas. É muito popular e bastante saborosa!


Tem mais alguma dica ou ainda tem dúvidas? Deixe um comentário e boa viagem!
Deseja conhecer as opções de pacotes de intercâmbio da BEX? Acesse www.bex.tur.br



sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Dicas para quem vai de intercâmbio sozinho

Vai fazer um intercâmbio sozinho? Essa opção é ótima para que você mergulhe de cabeça no idioma e na cultura local. Mas é claro que, ao viajar sozinho é importante ficar atento a alguns detalhes que podem deixar a sua viagem ainda melhor. Pensando nisso, preparamos algumas dicas para ajudar quem vai fazer um intercâmbio sozinho. Confira!


1. Pesquise o destino

Estude bem a cidade e o país que vai visitar. Veja dicas em blogs, sites, revistas e vídeos sobre a cultura, o transporte, os costumes, a segurança, os locais. Faça uma lista de lugares que você quer visitar durante o intercâmbio e pesquise cada um deles, isso te ajuda a se planejar melhor lá e não perder tempo nem dinheiro.

2. Tecnologia a seu favor

Smartphones são um grande facilitador para quem quer colocar o pé na estrada: você pode pesquisar informações sobre trânsito e transporte, ver mapas, conferir a opinião de outras pessoas, conversar com a família, mandar fotos, fazer listas, ver dicas e sugestões, traduzir placas, se distrair enquanto espera numa fila e muito mais. Certifique-se de que o seu celular está habilitado e aproveite locais com wi-fi aberto ou procure uma operadora de celular no seu destino e compre um chip local (SIMcard) e um plano de internet. Não se descuide com o aparelho na rua para não correr o risco de ser roubado.


3. Faça um seguro internacional

Essa dica é obrigatória para qualquer pessoa que deseja viajar, independente do destino, mas é ainda mais importante se você vai viajar sozinho, sem ter um amigo ou parente para te socorrer se preciso. Muita gente acha desnecessário fazer o seguro, mas imprevistos e incidentes acontecem, e você não vai querer ficar sem uma assistência médica em um país diferente, longe de todo mundo que conhece e sem dominar a língua local. Copie os telefones de emergência e leve sempre junto com o cartão do seguro.

4. Monte um kit

Faça um “kit de sobrevivência” com artigos de higiene pessoal, álcool gel, protetor solar, remédios básicos (para gripe, dor de cabeça, entre outros) e aqueles que você já toma sob a orientação médica. Em alguns países não é possível comprar remédios sem prescrição médica, além dos preços que podem ser mais salgados. Assim, você economiza e fica preparado para emergências.


5. Não exagere nas malas

Lembre-se de que você vai estar sozinho; isso significa que não vai ter ajuda para carregar a bagagem. Malas leves facilitam o deslocamento e evitam que cansaço e stress desnecessários. Na hora de fazer as malas, escolha peças versáteis que possam ser combinadas de várias formas.


6. Controle o dinheiro

Estar sozinho também significa que você não vai ter um amigo para emprestar dinheiro em uma emergência ou se gastar mais do que deveria. Por isso, é importante calcular os gastos e quanto você ainda tem disponível para não passar apertado. Evite andar com todo o seu dinheiro para não cair na tentação de fazer gastos desnecessários que comprometam suas finanças e, se possível, tenha uma reserva extra.



Tem mais alguma dica ou ainda tem dúvidas? Deixe um comentário e boa viagem!

Deseja conhecer as opções de pacotes de intercâmbio da BEX? Acesse www.bex.tur.br