Fique por dentro!

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Dicas de convivência em casa de família anfitriã



Todo nós temos um período em nossas vidas onde ficamos hospedados na casa de alguém: pode ser na casa de praia de um amigo, para passar alguns dias na casa de algum parente, para passar um tempo até se estabelecer em uma nova cidade ou mesmo durante um intercambio cultural.

Ao conviver com a própria família é comum já surgirem algumas situações embaraçosas e estressantes, imagine então quando a casa não é de nossos pais, por exemplo?

Para que a relação com as pessoas que vivem debaixo do mesmo teto que você seja harmoniosa e saudável para todos, é importante que algumas regras e limites sejam obedecidos – principalmente pelo hóspede.

Por isso, continue a sua leitura e confira as dicas de convivência em casa de família anfitriã que preparamos para que você e os anfitriões possam ter a melhor experiência possível durante a sua hospedagem!

 
Pergunte antes de usar

Lembre-se sempre que você não esta na sua casa de verdade e sim apenas ocupando temporariamente um quarto na casa dessa família, seja ela voluntaria o cobrando um aluguel. Portanto, antes de usar qualquer outro espaço da casa, como um escritório, outros quartos, etc., ou algum equipamento ou eletrodoméstico, como maquina de lavar roupa, computador, televisão, etc., peça permissão e instrução de como usar, para evitar situações embaraçosas ou menos ate quebrar algo. A primeira e melhor dica é conversar sempre!

Tenha o máximo de respeito pela família anfitriã

Sem dúvidas, uma das dicas de convivência em casa de família anfitriã que é mais importante, é o respeito. E esse respeito não se resume apenas em ser educado ao conversar e seguir as regras da casa, mas também envolve conversar com as pessoas e não se fechar em um canto, manter o ambiente organizado, colaborar nas tarefas da casa, mostrar-se prestativo perguntando sempre se há algo em que você possa ajudar e ajudar também na hora de cobrir os gastos são boas maneiras de mostrar que você respeita a família que está lhe recebendo, bem como a casa dela e se sente grato pela hospitalidade.

Mais uma de nossas dicas de convivência em casa de família anfitriã é, ao chegar, leve um presente. Essa é uma das mais claras maneiras de mostrar o seu apreço pela generosidade de quem está lhe recebendo.

Pontualidade no exterior é levada a sério.

É muito importante ser pontual com a sua hospedagem, ou seja, se você combinou que chegaria num determinado dia em uma determinada hora, chegue conforme o que foi combinado – não pegue as pessoas de surpresa e não as deixe esperando por você. O mesmo vale para a hora de ir embora, se você combinou que ficaria hospedado por sete dias, por exemplo, não ultrapasse esses sete dias a menos que os donos da casa lhe convidem para ficar mais um pouco. Certifique-se sobre possíveis custos de noites extras.
 
Reveja suas atitudes em casa

Outro ponto muito importante nas dicas de convivência em casa de família anfitriã é quanto à forma como nos comportamos e agimos em casa. Por mais que você vá passar um bom tempo na casa dessa família e que eles tenham lhe dito para “ficar à vontade” tenha muito cuidado com o quão à vontade você ficará.

 Pense bem em tudo o que você faz no conforto da sua casa e reveja suas atitudes. Você é fumante e fuma dentro de casa? Nem pense em fazer isso na casa da família anfitriã! Você tem o costume de ficar largado no sofá assistindo TV e comendo pipoca? Deixe para fazer isso apenas no conforto da sua casa no Brasil, a não ser que a família anfitriã esteja fazendo e lhe convide. 

 
Observe e adapte-se ao novo ambiente

Para uma boa convivência com seus anfitriões é importante se adaptar ao estilo de vida e rotina deles. Não fique na cama até às dez horas da manhã se lá todo mundo levanta às sete para o café da manhã. Não deixe suas coisas bagunçadas, não mexa em nada que não seja seu e ajude a poupar gastos como energia elétrica, água e etc. Afinal, quem recebe gente em casa sabe: um hóspede já é capaz de fazer as contas subirem consideravelmente. 
 

Esse é um ponto muito interessante nessas dicas de convivência em casa de família anfitriã porque lhe oferece a oportunidade de desenvolver novas habilidades como adaptabilidade, flexibilidade, resolver conflitos, negociar e ser tolerantes com o diferente e novo. Dessa forma você voltará do seu intercâmbio uma pessoa mais amadurecida e preparada para o mundo!

Tem mais alguma dica ou deseja comentar? Deixe um comentário e boa viagem!
Deseja conhecer as opções de pacotes de intercâmbio da BEX? Acesse www.bex.tur.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário